HISTÓRIA / 18/01/2016

 

 

 História


O desbravamento e a colonização do sertão do Vale do Paranapanema foram algumas das maiores façanhas da história regional. Foi nesse território que nasceu Presidente Bernardes, a antiga povoação de Guarucaia. Em 1º de novembro de 1919, havia sido inaugurada a estação da Estrada de Ferro Sorocabana. Tornava-se mais fácil, aos interessados na compra dos lotes de terras férteis, chegarem à primitiva gleba.


Início do povoado


Presidente Bernardes teve seu projeto urbano traçado em 1920 pelo Cel. José Soares Marcondes. A área pertencia ao imóvel Lins de Vasconcelos, cujo retalhamento foi contratado em 1919 para os terrenos onde atualmente está situado o município, ao sul da linha da Fepasa. A parte norte da linha, um imóvel de 50 mil alqueires, pertencia à firma Ramos, Porto e Cia, que o adquirira da Companhia dos Fazendeiros, que por sua vez recebera, por permuta, do Cel. Manoel Goulart.


Da firma Ramos, Porto e Cia, faziam parte os irmãos Luiz Ramos e Silva e Arthur Ramos e Silva Júnior, tendo o primeiro aberto loteamentos em Santo Anastácio e Piquerobi. Já Arthur Ramos fixou-se na Fazenda Guarucaia, em Bernardes.


A população atual de Presidente Bernardes é de 13.570 habitantes (Censo 2010), sendo 10.500 residentes na zona urbana e 3.070, residentes na zona rural, segundo o último censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística http://www.ibge.com.br/cidadesat/topwindow.htm?1 ). A área total do município corresponde a 752 km².





A distância até a capital do Estado é 600 km por rodovia e 527 km em linha reta.