PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE BERNARDES
FECHAR

REUNIÃO SOBRE FINANCIAMENTO TRAZ PROPOSTAS PARA SANTAS CASA

Créditos:

Na sexta-feira, 23, no Núcleo Cultural de Presidente Bernardes, autoridades do nosso Município e representantes de mais de 20 cidades vizinhas estiveram presentes para a reunião que tratou sobre Financiamentos da Caixa Econômica para hospitais. Compuseram a mesa, o prefeito Dr. Luccas Inague Rodrigues, a vereadora Maria Cristina dos Santos, o diretor de saúde Túlio Inague, o Deputado Federal Ricardo Izzar , o superintendente Federal da Caixa Econômica, Vicente Rechziegel e representantes da Caixa Econômica Federal .

Segundo Gilson Paludetto, gerente regional da caixa, a pauta da reunião é propicia a atual realidade do Brasil. “Através da iniciativa do prefeito de Presidente Bernardes, nós tivemos hoje a oportunidade de apresentar soluções para as dificuldades que a maioria dos hospitais passa nesse momento”, afirma Gilson.

O Deputado Ricardo Izzar, que colaborou na intermediação dessa reunião, ressaltou a importância da proximidade com o Estado e municípios “É muito importante trazer as informações que muitas vezes não chegam aos municípios, agradeço a vereadora Cristina e ao Dr Luccas que nos procurou e abriu essa porta pra trazermos essas informações da Caixa para os municípios aqui".

Ainda segundo o Deputado, as entidades passam por dificuldades financeiras muito grandes e é dever ajudá-las. “As entidades hoje, por essas dificuldades, assumem, muitas vezes, um papel que é do Estado. Elas assumem o ônus e não tem bônus. E é isso que estamos tentando trazer, a disponibilização de crédito e o alongamento das dívidas dessas entidades para que possam investir em serviços, atendimentos e equipamentos para a população”.

Para o município e para as demais cidades da região, um assunto de extrema importância. Segundo o prefeito Dr. Luccas Inague Rodrigues, a pauta da reunião veio para ajudar  um antigo problema que estamos enfrentando como as dívidas da Santa Casa “Hoje a nossa Santa Casa “pede água”, popularmente falando. A dívida é maior do que ela recebe, por isso é muito importante esse conhecimento. Liberando essa verba a Santa casa vai conseguir respirar com mais tranquilidade e assim vamos trabalhar melhor na saúde da região”. 

 

Compartilhe: